CURIA – Documents

21 de junho de 2017 ( * )(Referência prejudicial – Directiva 85/374 / CEE – Responsabilidade por produtos defeituosos – Artigo 4 – Laboratórios farmacêuticos – Vacinação contra a hepatite B – Esclerose múltipla – Prova de defeito da vacina e ligação causal entre o defeito e o dano sofrido – Carga da prova – Métodos de prova – Falta de consenso científico – Prova séria, específica e consistente deixada à discrição do juízo sobre o mérito – Quaisquer condições – Condições)No processo C-621/15,PEDIDO de decisão prejudicial nos termos do artigo 267.º do TFUE da Cour de cassation (França), por decisão de 12 de Novembro de 2015, recebida no Tribunal de Justiça em 23 de Novembro de 2015, no processoNW,LW,CWVSanofi Pasteur MSD SNC,Caisse primaire d’assurance maladie des Hauts-de-Seine,Carpimko,O TRIBUNAL DE JUSTIÇA (Segunda Secção),

Fonte: CURIA – Documents

Anúncios

Deixar uma resposta e não te acanhes

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s